Educação Socioemocional


Fora de Estoque

Bullying - Tô Fora!

R$115,00

Compartilhar:

INTRODUÇÃO

Nos dias atuais a prática de bullying é assunto principal no que tange os desvios de comportamentos relacionados à influência da sociedade. Atitudes brutais de ofensas, discriminação por cor, raça, biotipo, etnia e violência física e emocional são os principais argumentos usados pelos praticantes de bullying. Sua maior incidência é entre crianças e jovens, dentro do ambiente escolar, independente da sua classe social. Contudo, acontece frequentemente também em ambientes diferentes da escola tais como: trabalho, academias e até mesmo dentro de casa. O bullying é um problema mundial encontrado em qualquer escola, não se restringindo a um tipo específico de instituição.

De acordo com a necessidade de recursos lúdicos, apresentamos uma ferramenta de trabalho para: educadores, pedagogos, psicólogos, psicopedagogos e assistentes sociais. Através do jogo terapêutico, os jovens terão a oportunidade de aprender e prevenir a prática do bullying de uma maneira simples, objetiva e dinâmica, onde o jogador enfrenta situações que o levam a raciocinar e compreender o que suas próprias atitudes ou de seus amigos podem influenciar no comportamento da sociedade, gerando a consciência e reconhecimento das diferenças entre os indivíduos, sem que haja conflitos sociais resultantes de atitudes discriminatórias.

 

OBJETIVO

O jogo “Bullying Tô Fora” tem uma proposta diferenciada. O profissional da área da saúde e da educação poderá utilizá-lo de maneira prática e objetiva, introduzindo o tema bullying como uma forma de diálogo para promover uma discussão entre os jovens com o intuito de despertar a consciência e incentivar as pessoas a se unirem em ações educativas e preventivas para proteger as crianças contra qualquer tipo de violência física ou emocional.

O jogo também tem como objetivo inserir o tema de uma maneira onde estes jovens possam compreender as causas e efeitos da prática e não o combate, pois este, depende da sociedade, escola família e do governo... Através do brincar, serão debatidos conceitos de prática da cidadania, da comunicação, do relacionamento interpessoal, diversidade, socialização, integração, autoestima, cooperação, valorização dos talentos individuais, valores éticos e morais.

A definição do jogo promove situações para que os jovens possam tomar consciência do fenômeno da prática de “bullying” sem que se sintam pressionados ou intimidados. O jogo é simples e objetivo, com o intuito de diálogo entre os profissionais e os participantes para maior esclarecimento sobre o tema.

 

CONTEÚDO

- 1 Tabuleiro

- 1 Dado

- 6 Pinos

- 110 Cartas

 

 

IDADE

5 a 15 anos

 

 

NÚMERO DE JOGADORES

1 a 6

Siga-nos: